Telefones: (17) 3281-4340 / 99701-5171   

Blog Notícias do mundo animal

Dicas para um fim de ano feliz com o seu melhor amigo.

Natal e ano novo são datas comemorativas muito especiais, família reunida, festa, presentes, pessoas queridas e junto a isso pets queridos.

Porém, alguns cuidados devem ser tomados para evitar possíveis acidentes que possam estragar as festas ou deixar seu melhor amigo adoecido.

Orientações gerais 

1- Comidas proibidas

As ceias estão repletas de pratos e sobremesas que dão água na boca em todos os presentes, inclusive os cães e gatos, porém, não são todos os alimentos que podem ser oferecidos a eles. 

O que pode comer:

O que não pode comer:

Biscoitos e petiscos no geral

Carnes no geral 

Chocolates para cães e gatos

Ossos de alimentos

Panetones para cães e gatos

Sobremesas

 Além disso, sempre terá aquela visita que ama animais e, ao querer agradar seu amigo dá algo para ele comer. Por este motivo, alerte seus convidados para não dar nenhum tipo de guloseima ou ossos que possam perfurar órgãos vitais e ocasionar engasgamentos.

Por fim, lembre-se que existem diversos alimentos tóxicos que se oferecidos em grandes quantidades podem levar a óbito, alguns exemplos são chocolate, uva passa dentre outros.

2- Muito barulho 

Sabe-se que a audição dos cães é muito mais desenvolvida que a dos humanos, por este motivo, muito barulho e fogos de artifício são uma tortura auditiva para eles.

O barulho em excesso é tão prejudicial que pode fazer com que seu amigo desenvolva traumas e fobias.

Isso pode ser resolvido deixando o pet em um lugar mais calmo, seguro, com menos barulho e que tenha algum objeto com o cheiro do tutor, tais medidas são muito efetivas.

3- Fuga e queda 

Normalmente, as comemorações de fim de ano são estressantes para os peludos já que há muito barulho e muitas pessoas, isso faz com que eles tomem atitudes inacreditáveis como pular muros altos, fugir, passar em lugares apertados e até mesmo se jogar de janelas de apartamentos.

Tais atitudes podem ocasionar grandes fatalidades para seu melhor amigo, por este motivo, deve-se deixá-los em lugares seguros, confortáveis e colocar proteções necessárias.

4- Árvore de natal e decorações 

Os cães são muito curiosos, por este motivo, começam a tatear com a boca e isso faz com que eles acabem ingerindo diversos objetivos decorativos ou até mesmo se cortando.

Além disso, alguns cães são viciados em brincar com bolinhas e o seu lindo enfeite da árvore de natal pode se tornar um brinquedo muito legal.

O que se deve fazer?

Adestrá-los para que respeite os limites e não se aproxime das decorações, ensinando o "não" e frustrando a aproximação do cão toda vez que ele chegar perto com muita segurança, quando obedecer, recompense-o com muito carinho e petiscos.

Outra medida é deixar os objetos em lugares inalcançáveis por eles.

5- Coleira com identificação 

Em caso de fuga, uma coleira com o nome do pet e telefone do tutor pode facilitar muito a identificação.

6- Brinquedos e distrações

Mantenha seu amigo com o corpo e mente ocupados dando brinquedos e distrações. Existem diversas opções em pet-shops, desde brinquedos até arranhadores.

Os gatos são bem sensíveis a mudanças em épocas de festa, lhe oferecer distrações é muito importante, até mesmo as famosas catnips (erva do gato) que o deixarão mais relaxado.

Festa de final de ano é algo muito bom, ainda mais quando nossos pets estão protegidos, felizes e curtindo estas datas junto a nós.

Feliz natal e um próspero ano novo a todos os leitores.

E que a sua ceia de natal seja tão feliz quanto essa: